Como Está a sua consciência realmente acordado? Sua mente, corpo e espírito precisam

Com o passar do tempo nós estamos acostumados a pensar que a consciência é um conhecimento espontâneo e vago da realidade, porém, no plano espiritual, esta adquire um sentido profundo e vital para que possa viver em harmonia com seu corpo, mente e espírito.


Alguma vez você já pensou que você está vivendo no “piloto automático”? A grande maioria das vezes, as decisões e ações que realizamos são determinadas por uma série de conhecimentos e comportamentos aprendidos na infância, condicionamentos adquiridos no passado, que, às vezes, determinam o rumo de nossas vidas.


A consciência, entendida como parte essencial para o bem-estar integral do ser, é a apreensão do conhecimento interior e a habilidade para perceber o que acontece dentro de si mesmo, sem ser distraído pelo exterior. Em outras palavras, é a capacidade interior de ouvir e ver as mensagens que a vida entrega dia-a-dia para estar bem, saudável e feliz.


Não existe um guia para despertar a consciência, mas há dois grandes conselhos que permitem abrir esse caminho:



  1. Ouvir a mente e o corpo.

  2. Viver no presente, liberándote das angústias do passado e a ansiedade do futuro.

E essas duas coisas como são obtidos? Através da meditação. Mas, o que é a meditação?


Laura Lopez, especialista no tema, consegue nos dar clareza para despertar a consciência através desta técnica milenar que culturalmente foi entendido de forma errada


“Meditar não se trata apenas de se sentar uma hora inteira, como Buda para tentar colocar a mente em branco, mas de procurar alguma atividade ou alguma terapia complementar para que se acalme a mente”. Laura López.


De acordo com Laura, que sempre nos ensinaram a estar cheios de ruído e estresse, o que faz com que nos deixemos envolver no trabalho do dia-a-dia e criar uma desconexão com o nosso mestre interior. Para ela, meditar é simplesmente descansar a mente em um momento do dia para gerar bem-estar e, assim, conseguir conhecer-se a si mesmo através de uma atividade, uma paixão ou um hobby.


“Uma paixão te livra, te dá respostas, se acalma, se aquieta, e todas essas coisas que acabei de mencionar tornam-se uma meditação”. Laura López.


Este trabalho interno permite que haja um despertar de consciência, que pode ser potencializado através da leitura, o teatro ou qualquer outra atividade que canalize e alimente o ser. Desta forma, as respostas e os questionamentos que se procuram em agentes externos, são resolvidos no interior.


“As respostas você pode encontrar em qualquer coisa, em um pôr-do-sol, uma pessoa, um livro, um filme… quando alguém desperta a consciência, essas mensagens serão mais fáceis de apreciar, de ouvi-los e vê-los”. Laura López.


Meditar pode ser cozinhar, costurar, praticar yoga, reiki, dançar, desenhar ou fazer qualquer atividade que gere um estado de quietude e tranquilidade. Todas estas terapias atuam de forma positiva sobre o corpo, a mente e o espírito, permitindo que a consciência desperte e se aproveite o momento presente, sem que haja angústia do passado ou ansiedade pelo futuro.



Segundo Laura, é muito importante que haja uma intenção antes de cada terapia para trabalhá-la durante esse momento e conseguir uma maior sensação de libertação e descarga.


Em conclusão, a meditação é o caminho para despertar a consciência, a qual fará com que possamos viver de acordo com a lei do merecimento: mereço tudo de bom e belo que existe neste mundo e por isso vivo em harmonia com meu corpo, mente e espírito.


Conte-nos como uma pessoa medite e acorda a sua consciência para ser uma pessoa saudável e feliz!

Como Está a sua consciência realmente acordado? Sua mente, corpo e espírito precisam
Rate this post

Deixe uma resposta